Uma história de amor… no Kuwait!

“Puro, sublime, incomparável, completo, harmonioso, quente, belo, cúmplice, feliz, inesquecível e eterno AMOR. O amor é a mais importante das 18 virtudes de Comte Sponville. Nós concordamos com ele.”

Assim começava a carta convite para o casamento da Lili e do Marlon, no Kuwait, no dia 21 de dezembro de 2012.

Para que formalizassem sua união, ninguém menos que o membro da família real – Sheikh Majed Al Sabah – presenteou-os com a realização do casamento na Cidade Estado do Kuwait, um oásis no deserto do Oriente Médio.

Parece conto de fadas, mas é uma linda história de amor nos tempos modernos! E sim… eu fui uma privilegiada em participar deste acontecimento, em testemunhar a felicidade do casal!

Uma breve explicação: Lili e Marlon já moravam juntos aqui em São Paulo quando ele recebeu um convite do Sheikh Majed Al Sabah para tornar-se um dos embaixadores da marca de perfume TFK, que o Sheikh estava lançando.

Em poucos meses Marlon mudou-se para o Kuwait, tornando-se com o tempo merecedor da
grande admiração que o Sheikh demonstra por ele. Justificando então que duas pessoas que
se amam não devem ficar separadas, o Sheikh Majed Al Sabah presenteou Marlon e Lili com
a cerimônia de casamento dos sonhos…

Lili, que estava em São Paulo, foi surpreendida pelo noivo com um pedido de casamento que
aconteceria em menos de 6 meses, e que seria o primeiro casamento de brasileiros no Kuwait!

Assim começa toda esta aventura que vou dividir com vocês nos próximos posts!

Foram 3 celebrações:

A primeira, no Bait Al Othman Museum, seguindo as tradições dos casamentos há 80 anos atrás… no deserto.

A segunda, o casamento católico na catedral do Kuwait celebrado por um ministro italiano do Vaticano,
seguido de uma recepção na casa da família real.

Por último, o casamento civil na embaixada brasileira do Kuwait.

Você só pode entrar no país a turismo como convidado e, depois de enviar meu passaporte, recebi a carta
com o convite do Sheikh Majed Al Sabah. Não sei nem lhes explicar a minha ansiedade para vivenciar toda
a experiência, que eu sabia que estava por vir!

É cultural que se dê presentes ao Sheikh e à Sheikha. Eles gostam de coisas simples, principalmente
comida ou artesanatos locais. Doces, pimentas, compotas, porém nada pode ter álcool.

Não há restrições para entrar com carnes, queijos, sementes, comida enfim, pois não existe
ministério da agricultura no país.

Assim, meu desafio estava lançado… produzir uma linda mesa de doces, bem tradicional, como as
que fazemos aqui no Brasil, para que lá os noivos agradecessem ao Sheikh, no dia do casamento, na
casa da família real.

Foram 15 dias para preparar tudo! Como não somos absolutamente nada neste mundo sem os nossos
parceiros, em pleno mês de dezembro, próximo ao Natal, uma turma de feras aqui em SP parou tudo
para me ajudar!

Sim… levei para o Kuwait 500 bem-casados, 1.000 docinhos e tudo mais que vocês puderem imaginar!

Isabella Supplicy escolheu seus docinhos mais maravilhosos, com forminhas lindas, e deixou tudo
pronto nos recipientes adequados para serem despachados no vôo da Emirates!

A querida Silvia, da Mariza Doces, não preciso nem dizer que foi parceirona como sempre! Além dos docinhos
deliciosos, fez os bem-casados com laçarotes de renda, as cascatas com bouquets de flores, e os tampos das
bandejas todos revestidos de tecidos!

Conceição Bem Casados, também parceira do coração, preparou os bem-casados com lindas flores de
camélias brancas.

O Chico, da Docices, fez os seus lindo chocolates e cookies decorados…

A Vivian, da Blauss Maison, não hesitou em preparar as sobretoalhas de linho com bordados e pingentes
de seda, além de uma seleção incrível de produtos para presentear a mãe e as irmãs do Sheikh!

E, finalmente, minha querida amiga Olguinha, da D. Filipa, me emprestou as toalhas para as mesas!

Socorro!! Entre caixas e malas, acho que foram umas 10 no total para conseguirmos embarcar com
todas estas preciosidades!

Tudo pronto… depois de um longo voo com escala em Dubai, chegamos ao Kuwait!

Já no aeroporto, duas surpresas interessantes:

A primeira uma revista de noivas da Martha Stewart em árabe, que eu adorei rs…

… e a segunda, a van mais incrível que já vi até hoje, do Hotel Missoni, que foi buscar nossa bagagem!

No próximo post, começaremos com o Hotel Missoni! Preparem-se para babar rsrs!!!!

4 Comentários

  1. Q pena q vc parou por hj. Estava viajando junto!!! vivendo o pre casamento….

    Responder
  2. Que delícia receber sua mensagem :)

    Amanhã tem mais!

    Bjs

    Responder
    • Bom dia, Clarissa! Achei seu post por acaso, meu nome é Laura, sou brasileira e me casei com um kuwaitiano!! Acredito que minha história foi escrita por Deus, assim como a sua!! Meu marido é muito iluminado, como esposo, filho e também como médico, amo muito ele, por isto larguei tudo no Brasil, minha profissão, família, carro, apartamento e estou aqui no kuwait morando há um mês!! De verdade, pra mim tem sido muito difícil, Nao conheço nenhuma brasileira aqui, se você puder conversa comigo, gostaria muito de saber como você está lidando morando aqui!! Grande abraço

      Responder
  3. ONDE POSSO COMPRAR O PERFUME NO BRASIL ?
    OBRIGADA
    LUISA

    Responder

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *